Página Inicial | Fale Conosco | Telefones
    Siga e curta nas redes Sociais
 (86) 99850-3761
 ouvidoria@pedroii.pi.gov.br
POSTADA EM: 02/01/2018 às 12h12    POSTADOR: SEMCOM - PEDRO II
Secretaria Municipal de Saúde de Pedro II faz retrospectiva de 2017
Ações, campanhas e atendimentos foram a tônica desse ano na saúde municipal

A gestão pública na área da saúde teve muitas atividades desenvolvidas ao longo de 2017 no município de Pedro II, tendo em vista a crescente demanda por serviços nessa área. Nossa equipe conversou com a Secretária Municipal de Saúde de Pedro II, Tatiana Galvão, além de outras gestoras da área, como o caso da Coordenadora de Atenção Básica em Saúde e da Diretora do Hospital Josefina Getirana Netta, Lucimeire Pacífico.

A secretária Tatiana Galvão elencou algumas das principais ações no âmbito da saúde pública municipal em 2017: “Estamos concluindo o ano de 2017 e de certa forma com saldo positivo. Apesar de termos recebido a Secretaria de Saúde da forma que recebemos, podemos dizer assim desinstalada, desmontada, mas apesar disso conseguimos recuperar. Tivemos atividades no decorrer do ano, do Ministério da Saúde, o Janeiro Roxo, Setembro Amarelo, Novembro Azul, Dezembro Vermelho, enfim essas atividades do Ministério da Saúde.”

Tatiana Galvão segue elencando as campanhas e eventos importantes ao longo do ano: “Tivemos também a nossa campanha de imunização, da Influenza, que é uma campanha grande, atualização do calendário vacinal, tivemos também a nossa Plenária de Saúde, que ocorreu em setembro, e também a estruturação e a organização dos nossos PSFs para receber a visita do PMAQ. No conjunto acho que tivemos um saldo positivo nesse primeiro ano de administração.”

Tatiana também comentou sobre os diversos eventos oportunizados com apoio direto da SMS em 2017: “E também a Secretaria de Saúde sempre dando apoio aos eventos do município, disponibilizando os profissionais para os atendimentos. Nós tivemos o Carnaval, tivemos o Festival de Inverno, colocamos um ponto de apoio na Praça da Matriz e outro ponto no Centro Social de média complexidade. Também no 7 de setembro, nos festejos. Além das ações em Vigilância Sanitária, Ambiental e Epidemiológica de combate à dengue, zica e chicungunya, dentre outras campanhas preventivas e de mobilização.”

Por fim, ela indica o que foi fator fundamental para a efetividade das ações em 2017: “Terminamos o ano de 2017 com um saldo positivo, porque apesar do trabalho difícil do dia a dia, nós temos nossos profissionais, nossos servidores, que sempre estão comprometidos com a causa, tornando assim o trabalho mais fácil de realizar e finalizar. Melhoramos e a meta agora é melhorar ainda mais.”

A enfermeira Karen Gonçalves, Coordenadora da Atenção Básica em Saúde, também apresentou seu apanhado de realizações em saúde municipal em 2017: “No setor ao qual eu sou responsável, que é de Atenção Básica, que é responsável pelas equipes de Saúde da Família, acho que o nosso município ele ganhou bastante quando durante os 12 meses a gente pôde contar com profissional médico em todas as unidades, coisa que nos demais anos a gente não tinha: sempre tinha médico saindo, entrando, voltando...meses sem médico. E a gente passou o ano de 2017 sempre com médicos nas Unidades de Saúde, a gente passou todo o ano com 15 médicos nas Unidade de Saúde.”

Karen Gonçalves destaca as ações mais dedicadas em 2017: “A gente durante todo o ano fez movimentos e campanhas a cada mês (Janeiro Roxo, Outubro Rosa, Novembro Azul), o Carnaval com aulão na Academia da Saúde, a gente sempre fazendo palestras, ações preventivas, exames... durante esse ano a gente bateu muito contra o câncer de mama, realizando 2.000 mamografias na Central da Mama.”

O trabalho de formação e interiorização da saúde também foi frisado na fala da coordenadora: “Fizemos no início do ano um mês de capacitação e treinamento aos enfermeiros e agentes de saúde, onde os temas foram PMAQ, as redes de atenção no município, falando um pouco de cada coordenação, o papel de cada coordenador, que cada coordenação iria fazer. Fizemos o projeto piloto de Saúde Itinerante na comunidade Canto da Várzea, aonde a gente levou todas as ações do município para a comunidade. Todas as coordenações foram, passamos um dia completo na comunidade Canto da Várzea.”

Além disso, Karen cita outros pontos relevantes e diferenciados promovidos pela SMS em 2017: “Criamos pela primeira vez a sala de estimulação precoce da microcefalia, que hoje fica junto ao Hospital Josefina, junto ao Centro de Fisioterapia e participamos de forma ativa durante todas as datas festivas durante todos os eventos grandes do município por meio de profissionais capacitados, através das ambulâncias, da doação de kits de primeiros socorros e de profissionais para as palestras. Então as nossas ações sempre foram em cooperação com as outras coordenações e em parceria com as outras secretarias.”

 



COMENTÁRIOS
 
.:: Mais Notícias sobre Geral
16/01/2018 Coleta seletiva de lixo é assunto de reunião na secretaria municipal de Meio Ambiente de Pedro II
16/01/2018 Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos presta ações à sociedade em Pedro II
12/01/2018 Secretaria municipal de Turismo elenca principais ações da pasta


  • ENQUETE
  • AGENDA

Que área dentro do Empreendedorismo você acredita que seria interessante haver uma programação de evento no município de Pedro II?

 Empreendedorismo Rural 55%

 Empreendedorismo Artesanal 14%

 Empreendedorismo Social 10%

 Empreendedorismo Tecnológico 4%

 Empreendedorismo Comercial 16%


nenhum registro encontrado!




  •  (86) 99850-3761  
  •  ouvidoria@pedroii.pi.gov.br   

© Copyright 2003/2018, Prefeitura Municipal de Pedro II - PI - Todos os direitos reservados.